Radiação 3

Radiação 3

ALEXANDER TCHITCHIKOV (Martim Santos), ALEXANDRE REIGADA, ANA ANDRÉ, ANA BORRALHO & JOÃO GALANTE, ANA PISSARRA & JOSÉ NASCIMENTO, ÂNGELO ENCARNAÇÃO, CARMO POSSER, CATARINA BRANCO, FERNANDO SAMPAIO AMARO, INÊS LUÍS, LUIZA SCHAEFER, MILITA DORÉ, NUNO MURTA, PEDRO CABRAL SANTO, RICARDO PARAÍSO SILVESTRE, RÚBEM GONÇALVES, SARA PINHEIRO (colaboração de Salomé Lamas), VASCO VIDIGAL, XANA

 

De 16 a 29 de Outubro 2017.

em RUA FM 102.7   e   http://www.radios.pt/?page_id=819&id=718

 

Radiação 3 é um projecto de arte rádio, numa co-produção Artadentro / Rádio Universitária do Algarve – RUA FM. 

Radiação 3, consiste na realização de duas semanas de Arte Rádio, com a rádio-difusão de objectos sonoros intercalados pela habitual grelha de programação da RUA FM

 

 

radiação ed3 Arte Rádio na Artadentro 2017

A Arte Rádio, pode ser tida como uma forma de sound art, embora puramente sonora e não integrando obras musicais. Muitos dos seus praticantes, preferem-na como uma forma artística por si só,  que usa as idiossincrasias da rádio: a ligação ao ouvinte; o seu carácter efémero; o constrangimento temporal e espacial; tirando partido da cooperação entre estações de rádio; e, sobretudo, actuando sobre o uso estabelecido da rádio.

A Arte Rádio, é uma actuação artística sobre o médium radiofónico transformando-o e/ou usando as suas características particulares, questionando-o e ao mundo envolvente — rádio produzida por artistas; composta por objectos sonoros experienciados no espaço rádio (todo o local onde a transmissão é ouvida), em que a qualidade sonora das obras rádio-difundidas é secundarizada em relação à originalidade conceptual — o receptor de cada ouvinte determina a qualidade sonora da obra. A Arte Rádio acontece no local onde os objectos sonoros são ouvidos em combinação com o som ambiente, impossibilitando ao autor o controle total da experiência da fruição da obra pelo ouvinte — cada ouvinte experiência a sua própria versão de uma obra; a Arte Rádio não é música — Arte Rádio é rádio.

 

De facto, na produção de Arte Rádio contemporânea, predomina o interesse por novas estratégias narrativas e pela subversão das convenções mediáticas. Em obras textuais e não textuais, abordando a rádio como um espaço a construir sonora e linguisticamente ou como uma arena ou palco de eventos, um local de encontro e de reunião, usando a paisagem mediática como a própria narrativa, ou o próprio corpo como fonte, reunindo sons do mundo e construindo novas geografias, etc., a Arte Rádio tem investigado a natureza da linguagem — discurso como cultura —, e o som como linguagem num mundo predominantemente visual, enfatizando a importância não apenas do dito, mas sobretudo, de como é dito.

 

Assim, o que pretendemos com esta iniciativa, num mundo predominantemente visual onde o sentido de audição é tradicionalmente secundarizado embora, paradoxalmente, cada vez mais envolto numa variada gama sonora, é suscitar a reflexão sobre o “ouvir” contemporâneo — até que ponto somos “surdos” a grande parte da multifacetada paisagem sonora em que vivemos —, e sobre a “oferta” sonora radiofónica.

 

 

 Artadentro.2017

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Câmara Municipal de Faro

Museu Municipal de Faro

365 Algarve

Mecanex Contabilidade e Fiscalidade

Stills Fotografia

OrizonArt Studios - Design Gráfico e Web Design

Postal do Algarve

Semanário Regional do Algarve

RUA FM